Causas

AS NOSSAS CAUSAS:

Os TSD não se resignam a um Portugal parado ou adiado, sem ambição, porque os portugueses são tão capazes como qualquer outro povo avançado da Europa:

• defendemos a economia de mercado competitiva, com direitos sociais, privilegiando as pequenas e médias empresas;

• valorizamos o trabalho, como a capacidade transformadora mais importante para a realização do ser humano e o progresso dos povos;

• batemo-nos pela protecção ao emprego e por uma política social avançada;

• praticamos um sindicalismo de participação, livre, democrático e independente, preocupado com os problemas concretos dos trabalhadores e das suas famílias;

• queremos o fortalecimento das classes médias, como esteio de uma sociedade aberta e equilibrada;

• promovemos o combate à pobreza, às situações de exclusão social e às desigualdades entre os portugueses;

• defendemos uma política de saúde humanizada, que contribua para uma verdadeira qualidade de vida dos Portugueses;

• reclamamos uma política de educação que prepare as novas gerações para os desafios do futuro e estimule a inovação e os talentos;

• empenhamo-nos na via do diálogo construtivo e da concertação social;

• opomo-nos ao egoísmo e ao neoliberalismo.

• defendemos a afirmação de Portugal no Mundo;

Estas são as causas pelas quais trabalhamos, com todo o entusiasmo, porque é por elas que vale a pena lutar.

 

Conte connosco!

Saudações Social Democratas

¡Atenção! Este sitio usa cookies e tecnologías similares.

Se não alterar as configurações do seu Browser, está a concordar com o seu uso. Learn more

I understand

Lei n.º 46/2012

(...)

Artº 5

1 - "O armazenamento de informações e a possibi-lidade de acesso à informação armazenada no equipamento terminal de um assinante ou utilizador apenas são permitidos se estes tiverem dado o seu consentimento prévio, com base em informações claras e completas nos termos da Lei de Proteção de Dados Pessoais, nomeadamente quanto aos objetivos do processamento.

2 — O disposto no presente artigo e no artigo anterior não impede o armazenamento técnico ou o acesso:
a) Que tenha como única finalidade transmitir uma comunicação através de uma rede de comunicações eletrónicas;
b) Estritamente necessário ao fornecedor para fornecer um serviço da sociedade de informação solicitado expressamente pelo assinante ou utilizador.

(...)